Buscar Depoimentos - Acupuntura

Dor de cabeça mais de 35 anos e etc. - Paciente que ocupa segundo lugar pelo tempo do problema.

Sexta, 05 Outubro 2012 00:00

Informações adicionais

  • Nome: Solange - Braga Imóveis ( Ibiúna)
  • E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
  • Contato: (15) 3289-1551/9782-6657/9728-0999

r70Qr

* Outro depoimento sobre enxaqueca de 43 anos:http://www.centrotaoista.com.br/depoimentos-acupuntura/item/169-enxaqueca-h%C3%A1-43-anos


Meu nome é Solange do Carmo, completei 62 anos julho de 2012.

Ressalto que não tenho nenhuma doença como diabetes, pressão alta, etc...., e tenho muita disposição.

Demorei  para fazer meu depoimento, pois queria ter certeza de que não estava psicologicamente  acreditando de que tinha melhorado. Esperei um ano para fazer meu depoimento, e agora posso falar com certeza de que melhorei.

Para vocês entenderem o meu problema  peço que leiam até o fim, pois talvez vocês  tenham o mesmo problema ou outros parecidos ou tenha um parente e/ou amigo que sofram e assim passar este depoimento.

Sofro de dores localizadas que os médicos não descobrem a origem,  supondo várias doenças.

Contando parte de minha historia, quando eu tinha 10 anos comecei a ter dores fortíssimas na cabeça, na região  do ouvido direito, na época não havia os aparelhos de hoje, mas meus pais me levaram em tudo que foi medico e fiz dezenas de tratamento, mas todos sem resultado. Meus pais desesperados com minha dor me levaram em tudo que indicavam, todos os tratamentos alternativos possíveis .

Essa dor me acompanhou até os 35 anos, quando os médicos resolveram me operar a cabeça achando que poderia haver um tumor dentro do osso.

Essa cirurgia foi uma tragédia, fiquei 45 dias internada passando por várias  juntas médicas, até que marcaram a cirurgia para o dia 15/05/85, onde médicos de várias especialidades fariam parte da equipe.

Na hora da cirurgia minha cabeça já aberta e com alguns ossos cortados, para ver se havia o tumor dentro, começou a sangrar tanto que eles colocaram massa óssea e fecharam a minha cabeça.

Fiquei com muitas sequelas graves, como a boca totalmente torta quase no ouvido, lado direito todo paralizado, o nervo trigemio cortado, braço direito torto e sem poder movimentar, muito mais dor  do que antes, etc... meus tios foram me  visitar mas, como não era dia de visita e minha tia  era neura cirurgiã, os médicos me deram alta dizendo, que era preferível eu ir para casa morrer  do lado da família do que ficar no hospital.

Sofri muito, tomava 07 remédios diferentes sendo vários tarja preta, o que me deixava muito mal, pois os remédios ao invés de me fazerem dormir eu ficava acordada o tempo todo.

Naquela época já tinha vários equipamentos para exames até mesmo a ressonância magnética, e fiz todos exames possíveis,  até um exame com contraste que fiz na cabeça e parte superior do peito, onde tirei 480 chapas sendo que metade estão comigo e o restante ficou com o médico que me operou, para estudo, pois meu caso consta até em livros.

Passados alguns meses, tive que procurar esse médico para fazer uma carta ao INSS para me aposentar, e ele se admirou de eu estar viva e me confessou que minha cirurgia havia sido um erro, pois em todos os exames nunca se provou nada a não ser muita dor e uma erosão do osso na cabeça.

Mas essa fase passou, apelei para vários tratamentos, fiz um pouco de cada um e hoje vivo uma vida normal, andando, trabalhando, viajando, e fazendo tudo que tenho direito.

Mas passando para outra fase de minha vida, agora com 55 anos, mas também com muitas dores, agora do lado direito entre as costelas, uma dor  que ia desde as costas até debaixo do seio onde não aguentava nem encostar a mão.

Consultei , sem mentir,  mais de 20 médicos e fiz  vários exames, sendo mais de 30 ultrassonografias de várias partes:  rim, fígado, pâncreas, estômago, ressonâncias magnéticas, exame interno do intestino,  tirei a vesícula, e tudo que me mandaram fazer. Tomei todos os tipos de remédios possíveis, eles  sempre alegando que seria membrana das costelas inflamada, reflexo de algum órgão que podia estar com problema e todas desculpas possíveis, até que alguns médicos confessaram que não tinha mais nada a fazer pois tinha se esgotado as pesquisas em torno dessa dor.

No condomínio  onde moro,  uns amigos em que o marido é médico, e sempre me ouviu falar dessa dor, era uma dor onde eu não conseguia ficar sentada, andava apertando as costelas com os braços para suportar a dor, não estava tendo condições de andar de carro, enfim estava vivendo muito mal, e um dia me convidou para um aniversário, onde estava presente a irmã dele e saiu o comentário que eu não estava aguentando mais essa dor.

Foi quando essa irmã maravilhosa falou,  então ela tem que fazer uma consulta com o Prof. Tsai.

Eu não sabia do que se tratava só disse que era diferente e valia apena tentar, e me deu seu telef.

No mesmo dia ela ligou para o prof. Tsai e explicou a minha situação, e no dia seguinte eu já marquei uma consulta.

Fui com muita fé e deu certo. Contei a ele minha história e ele prometeu me ajudar, já passei por uma sessão no mesmo dia.

Primeiro ele faz uma liberação de energia acumulada, que chega a ser bem dolorido, confesso que nunca tinha ouvido falar de um tratamento assim, mesmo tendo feito dezenas de tratamentos paralelos, e depois fazer um tratamento com acupuntura, SEM TOMAR REMÉDIOS, SÓ CHÁS.

Confesso que fiz oito sessões e não sentia mais nada, ele me aconselhou a fazer mais algumas sessões, mas mesmo assim estou bem, nos tornamos amigos da família e já fiz duas viagens maravilhosas a China que eles também organizam, vale a pena conhecer uma região com uma natureza maravilhosa, costumes e cultura bem diferentes da nossa.

Essa é A MINHA HISTORIA DE DOR E SOFRIMENTO QUE EU ESPERO TENHA ACABADO, E QUE MUITAS PESSOAS POSSAM TER AJUDA QUANDO OS MÉDICOS TRADICIONAIS NÃO TEM MAIS OPÇÃO PARA RESOLVER E NOS AJUDAR.

O PROF. TSAI ME DISSE QUANDO COMECEI O TRATAMENTO, AS PESSOAS NORMALMENTE SÓ ME PROCURAM QUANDO JÁ DESISTIRAM DE RECORRER A UM MÉDICO TRADICIONAL.

                                                                                                                                   Ibiuna, 05 de outubro de 2012.

                                                                                                                             Solange.

Obs.: Hoje a Solange trouxe uma pequena parte dos exames que sobrou, pois podou no fogo ontém todos os exames ao longo desse anos (09/10/2012).

* Artigo interessante sobre "Sinais de erro no nosso corpo":

                 http://centrotaoista.wordpress.com/2013/04/06/16/

*Blog oficial sobre "20 anos de cultivo da saude e longevidade"do Centro Taoísta:

http://centrotaoista.wordpress.com/2013/04/30/20-anos-de-cultivo-da-saude-e-longevidade/